sábado, 28 de março de 2009

CEMITÉRIO DA CONSOLAÇÃO- SÃO PAULO



Túmulo de Mario deAndrade

Sobre este túmulo foi erguida uma das primeiras esculturas de Brecheret

36 comentários:

Pedrasnuas disse...

ADOREI o seu anjo...Lindo!!!


Beijos e um resto de bom fim de semana

Giane disse...

Oi, Martha!

Ainda vou conhecer o cemitério da Consolação pessoalmente - e perdoe a comparação, mas dado o número de famosos lá em eterno descanso - poderíamos considerá-lo o "Pere Lachaise paulista" não é mesmo?

Gosto muito quando Você atualiza esse espaço.

Beijos mil e ótima semana!!!

Å®t Øf £övë disse...

Martha,
Esta escultura é muito bonita.
Bjs.

Sônia Brandão disse...

Martha, pelo menos aqui tenho a oportunidade de apreciar essa bela obra.
Beijo e uma boa semana.

Léia Carvalho - LC disse...

Esse estão tão perto de mim e ainda não fui...
Vou corrigir isso em breve.
Bjim

Simples Assim... disse...

Linda escultura.

Boa semana pra vc também. Bjs !!!

poetaeusou . . . disse...

*
encanta-me
as campas e as esculturas
quando visito um cemitério,
é como entrar num museu
não encontro uma razão plausível,
porque será ???
,
Marés de amizade, deixo,
,
*

Patrickíssimo disse...

Já não sei mais responder o que é uma coisa bela! Só sei que ela existe e está na arte e no espírito.

Estive por aqui.

Patrickíssimo disse...

Oi Martha. Respondendo sua pergunta: não sei de quem é o túmulo não, só sei que a pessoa está muitíssimo bem acompanhada!

Estive por aqui.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

É verdade, um anjo é uma companhia e tanto...
beijos

f@ disse...

Martha...
é lindo, embora não conheça partilho do teu gosto pelo invisível... infinito... e essa arte de acarinhar...
esse teu reconhecimento das obras e dos génios... a grandeza de entender o que é apenas emoção para mim...
os dois posts anteriores... ainda tenho de ir lá pelo bichinho de Camões...

Parabéns
beijinho

ÁRVORES DO SIMAO disse...

Caríssima Martha, sei que o Cemitério é um lugar único onde descansa a Serena Paz. Sei também que a memória dos homens em desejos de famílias petrificam-se em detalhes, talhados em mármore branco ou em broze, asas de Anjos, bustos de Madonas, Epitáfios em lápides do último poema: Aqui Jaz!

**Cara amiga, eu não conhecia até então esse teu espaço, grasioso, delicado e cheio de bom gosto e de harmonia. O Túmulo de Mario de Andrade, eu nem sabia que era no Cemitério da Consolação**.

gde. abraço, simao

C. disse...

Nem sei quem foi Mário de Andrade, mas com esse túmulo deve ter sido alguém legal.

Uma aprendiz disse...

Parabéns pelo post.

Não sei porque sempre me comovo diante de uma foto. Só posso felicitá-la por Deus lhe ter dado esse dom de VER enquanto nós só olhamos.

bom domingo.

beijo

Multiolhares disse...

O anjo é lindíssimo, mas sabes acho os cemitérios
muito pesados com os túmulos, aqui em Portugal temos alguns poucos, em que são todos relvados, parece que se entra num jardim, pode ser tontice mas penso que as almas se sentem mais leves na sua caminhada
beijos

f@ disse...

Martha...
obrigada...
doce chocolate tb para ti... ovo ou coelhinho mto fofo...

beijinhos

O Árabe disse...

Bela imagem... traz, realmente, uma sensação de paz!

Je Vois la Vie en Vert disse...

Acolhi na minha casa durante 5 dias os Arcanjos Gabriel, Michael, Uriel e Menatron. Nunca tinha feito tal coisa mas fiz isto a pedido da minha irmã que está doente e porque a minha mãe de 89 anos também está doente. A minha irmã sente os anjos mas eu não mas posso dizer-te que Eles deixaram-me em paz nesta altura difícil da minha vida e permitiram não deixar transparecer todo o meu sofrimento numa altura em que devia receber pessoas. Ajudaram-me imenso !

Minha querida Martha de rosto tristo, desejo-te uma Santa Páscoa !

Beijinhos da

Verdinha

elvira carvalho disse...

Vim desejar-lhe uma Páscoa Feliz, com muita Luz e muito Amor que irradiem por todos os dias da sua vida.
Um abraço

Marcos Valerio disse...

Tenha uma Feliz Páscoa você e todos os seus, obrigado por passar e comentar em emu bloguinho, tem uma postagem nova por lá!

O Sibarita disse...

Fessora! Ai Deus! kkkkk

Só estou aprendendo, oi que beleza!

Dona moça Martha, eu so tenho agradecimentos a você por essas aulas!

Ei, não passe a cobrar as aulas não, viu fia? Valha-me Deus! kkkkk

bjs
O Sibarita

Andrezinho disse...

Trabalho sensacional,parabens!

Abraço!!

Menina do Rio disse...

Como morada, não me apetece, mas como obra de arte, é perfeito!

Minha querida, sempre um prazer ver-te

Tem um ótimo restinho de semana, querida

Um beijo

Eduardo Miguel disse...

Mário de Andrade e Brecheret juntos par todo sempre! morte??? acho que não isso se chama arte, eterna como só ala sabe ser...
Parabéns pelo post e pela oportunidade de nos presentear com tanto, grande abraço.

Ricardo Kersting disse...

Victor Brecheret foi um grande escultor, um dos meus favoritos. Não sabia que ele havia incursionado em peças tão figurativas como esta. Lindas formas é uma belíssima obra. Postagem maravilhosa Martha.
Abraços.

Notívago disse...

A despeito do tema incomum vc conseguiu transformá-lo em algo de bom gosto!!!! Parabéns!!!!!

Atualmente estou desenvolvendo um projeto fotográfico sobre este mesmo tema e acho que poderemos trocar idéias...

elvira carvalho disse...

Porque será que a maioria de cemitérios tem um nome sugestivo como cemitério dos Prazeres, da Consolação etc.?
Um abraço

f@ disse...

Viagem ao passado... aqui no teu espaço que sempre me encanta...

sempre saudades... dos homens dos feitos dos sons da poesia... dos Homens
beleza rara mesmo no simples chão dos simples "mortos"

imenso beijinho

Dinho Rocha disse...

Adorei o espaço, tanto pela beleza nas imagens quanto na beleza das palavras, mas, principalmente por ver que mais pessoas além de mim usam a inspiradora fonte inesgotável de probabilidades culturais e artisticas que existem no lar dos que alcaçaram o descanço eterno.

Parabéns!
Bjs.

O Iluminado disse...

Nossa muito interessante esse seu blog!nunca tinha visto um do tipo...
tá de parabéns hein!

ahh e brigadão pela visita
bjusss!

R. Rudoisxis disse...

Vim aqui pelo titulo do blogue em primeiro lugar.
Depois achei interessanteo nome do cimitério "Consolação".
Por cá Lisboa temos o cemitério dos "Prazeres" e lembrei-me do pitoresco dos nomes que damos a lugares.
Alguns nomes traduzem a realidade e numa altura de crise mundial o nosso ministério das finaças está sediado no "Palácio das Necessidades"
Não podia ter outro nome e assenta que nem luva.
Gostei do seu espaço
Abraço

Aprendiz disse...

Acho o seu olhar triste, o tema do blogue também. A arte é sempre arte, e esta não a será menos. Mas transporta-nos para a morte. E todos os exemplos que vemos são tentativas de perpetuar na morte a memória de uma vida. Vaidades mundanas, muitas vezes. Uma lápide, ou nada, seria ainda melhor.
Para mim queria como lápide um Carvalho no cimo de uma colina com o horizonte a perder de vista.

Beijos

P.S. Não devo ter contado nada de novo. Perdoe-me a frontalidade, mas depois de entrar tinha de comentar. :)

Emerson Donizeti Batista disse...

Engraçado como pensamos em eternidade, vendo imagens tão belas e definitivas sobre a morte.
Parabéns!!!!

Sir Stephen e SUA maria{SS} disse...

adorei seus blogs.
eu adoro passear nesse cemitério.
e gosto de alguns outros pelo mundo...
beijos

maria{SS}

Vozes de Minha Alma disse...

Minha amiga, mas o cemitério da Consolação tem poucas fotografias.
Lá tem mais acervos interessantes.
Seria interessante colocar mais fotos de lá, pois no de Recoleta tu caprichou, rsrsr.
Abraços.

A Wild Garden disse...

Quando criança ia com minha família visitar os antepassados neste e no da Lapa. Esculturas maravilhosas.