segunda-feira, 28 de julho de 2008

CEMITÉRIO DE MONTPARNASSE










AQUI SE RESPIRA ARTE

ARTE CEMITERIAL, CEMITÉRIO MONTPARNASSE EM PARÍS.








O MÁRMORE NÃO MORRE, APENAS FICA TRISTE COM O PASSAR DOS ANOS.





Aqui está entrerrado o filósofo Jean Paul Sartre















ONTEM ALIMENTEI UM CEMITÉRIO.
O terreno custa neste cemitério em torno de 16.000 mil euros.
Aqueles que amamos nunca morrem apenas partem antes de NÓS.
E os mármores com o tempo, tomam uma tonalidade cinza, da cor da morte!

20 comentários:

Maldito disse...

Ha! Tu tem andado meio sumida lá do blog mesmo,...
Eu adoro tirar fotos de tumulos,...tenho alguns famosos como Tancredo Neves, Cazuza e até do Jim Morrison`,...ja não me sinto mais sozinho!

Bjs!

Mantenha Contato!

elisabete fialho disse...

Viva,venho retribuir a visita
Desde já o meu obrigado.
E no que diz respeito a morte eu gosto de acreditar - nada morre,nada se perde apenas se transforma.
Basta para isso aprender a olhar de outra forma.
Este é o meu SENTIR
Abraço e volte sempre pois é bem vinda

Marinha de Allegue disse...

Campos santos, lugares sagrados en grande...

Interesante temática.
Unha aperta Martha.
:)

jorgeferrorosa disse...

Para a Martha:
Obrigado pelas palavras que me deixou, hoje ao acordar souberam-me bem fazer essa mesma leitura. O dia está assim um pouco estranho, mas penso que quem está estranho sou eu... preciso como sempre escrever. Esta é a minha forma de escrever, os meus sentimentos mais ou menos agradáveis, para uns sim, para outros nem por isso, mas não me estou a importar. Sou como sou e não posso ser o que não sou.
Volte sempre que se apeteça, as portas estão abertas.
Em relação a este blog, gostei muito da arte cemiterial, por vezes dou-me comigo só, no cemitério da fazer fotogafias, tanto no Porto como em Lisboa ou no Algarve. É assim uma coisa estranha em mim. Enfim. Sou mesmo doido. Cada um é como é.
beijinho.
Jorge

Metamorfose disse...

Em Paris tudo é arte, cidade linda...mas nunca tinha pensado em fazer fotos num cemitério. Gostei muita da visita e das palavras, volte sempre!

Olhos de mel disse...

Oie Marta! Obrigada pela visita e pelo carinho! Realmente essas obras de arte são maravilhosas... ricas em detalhes.
Boa semana! Beijos

Santhiago Ramirez disse...

Tudo lindo. Imagens, palavras, idéias... e até a morte, se a virmos - e arrostarmos - como o fim natural da existência material e, quem sabe (?), o início ou reinício da vida espiritual...
Beijos carinhosos do Thiago

Jerônimo disse...

Martha, amiga: Deus que me perdoe, mas dá até vontade de morrer só para ser enterrado num lugar tão belo... Abraços fraternos.

Artipractor disse...

O marmore, igual que nos, non morre, descomponse. É só cuestión de unhas poucas persoas desacelerar esa descomposición, ti eres unha de elas.

Un saudo. Artipractor

bia de barros disse...

É boito e raro isso, saber 'contemplar' a morte.

Saudações, Bia de Barros.

Crisfonseca disse...

Martha vc me surpreende sempre
Nunca havia olhado com olhos de artista,pra um túmulo, há uma beleza ímpar na morbidez, nesta silênciosa solidão da maorte, vc nos mostra arte. E que belas esculturas, tem nelas expressões misturadas ao medo , a solidão, ao sofrimento e a perda. Mas ao mesmo tempo mistura-se uma triste, uma certa poética saudade e dor.
Belo Martha, belo.
Beijos,
Cris

Desarranjo Sintético disse...

Bah que lindas imagens...arte é arte, não importa o lugar, e ajuda a suavizar a dor.

Bjoks

Espaço do João disse...

Olá Marta.
Sempre ouvi dizer que há arte para todos os gostos. Eu não sou contra a arte, simplesmente sou contra os cemitérios. Que importa a mim depois de morto ser enterrado? A terra é para quem trabalha e, não para ser um depósito de corpos. O meu desejo é que quando deixar de viver, seja cremado. Todos os meus familiares que ainda estão vivos comungam da mesma ideia.Se Reparar-mos todos aqueles que já partiram antes de nós, caiem no esquecimento rapidamente. Quantos cemitérios se encontram com campas ao abandono? Que choque teem novamente os familiares quando passados 5 anos vão retirar as ossadas e, encontram os corpos praticamente intactos tendo de voltar a enterra-los? Aqueles que por feitos a bem da humanidade, que se lhe crie uma estátua , mas enterrar ou plantar só o que der subsistência ao ser humano que por cá ficar.Plantemos uma flor ou uma árvore, assim teremos um planeta mais respirável. Como sou um apaixonados por flores, não quero flor alguma no meu caixão.Prefiro que elas sejam adoradas pelos que cá ficam. Beijos João

Verónica disse...

Quanto mais vejo mais encantada fico, tão expressivas!!!!

Tomáz disse...

Outra belíssima escolha, o próprio bairro já é uma viagem ao mundo das artes, das esculturas. Agradeço o comentário e a visita a meu blog. Beijos.

Valquíria disse...

E debaixo desse terreno marmóreo jaz James Douglas Morrison, contorbado poeta e escritor de palavras que viajam na geografia da mente.
Olvidamo-nos do prazer de tactear estes frios museus da "vida".

Obrigada!

Beijos.

pensamentos & poesias disse...

Oi amei ..Isso prova como a morte pode ser tão bela vista ao longe!abraços mone

Å®t Øf £övë disse...

Martha,
A arte em Paris é verdadeiramente fascinante, mesmo nos cemitérios.
Bjs.

Matutinha disse...

Maravilha essa idéia do seu blog,Parabéns! Sou professoa de Lingua Portuguesa/Literarura Brasileira e de Arte. Seu Blog me deu a idéia de aproveitar o dia da Fotografia e fazer com meus alunos uma exposição de fotos mostrando a Arte cemiterial com fotos do pequeno mas antigo cemitério da cidade que também está destruindo os túmulis antigos para substituí-los por mais "modernos". Um abraço! ILVA

maranataenses do brasil disse...

oi sou artista plastico restaurador, goastaria de divulgar meu trabalho aqui e a disponibilidade para trabalhos . meu e-mail cladio.lins@hotmail.com
tenho um site do google . quem quiser ver alguns trabalhos sera bem vindo .
claudioluizartesplasticas,
meu orkut tbm tem fotos .
claudioluiz-2011@hotmail.com
obrigado
´´´´quanto a este site :-
bom sou suspeito acho todos os tipos de arte lindo, em especial as artes encontradas em cemiterios são carregadas de sentimentos, fica ai um convite a todos para conhecerem o cemiterio da consolação em sp
e olhar com outros olhos as obras .
grato e parabens pela iniciativa do site .