sexta-feira, 25 de julho de 2008

A MORTE


Os mortos vivem em outra dimensão, de onde, com a ajuda dos deuses, renascem para a viva eterna. HOJE, ESPECIALMENTE HOJE ALIMENTEI OS MORTOS

5 comentários:

Marinha de Allegue disse...

Interesante blog Martha.

Apertas desde o meu espazo.

:)

Jerônimo disse...

Paiva Neto, sábiamente, diz que "os mortos não morrem"; para mim, não só não morrem como insistem em permanecer vivos na memória dos que ficam, daí tão extensa e rica arte tumular. Parabéns, Martha!

Anônimo disse...

Alimentou os mortos? Como?
Você é doida?

elisabete fialho disse...

Eu acredito que podemos alimentar quem a sua viagem por estas bandas terminou.
Para isso basta manter em nós aquilo que nos ensinaram.
Todos os dias alimento quem me ama e eu amo,sem fronteiras nem tempos a separar. Como? É facil muito facil,homenajeio cuidando de mim,procurando o meu caminho sorrindo sempre...sei que era assim que essa essencia queria.
Sempre me amou demais para que eu chorasse eu fosse farrapo.
Por isso levanto a cabeça e caminho em frente amparada pela lembrança que mantenho viva.
Um abraço

Å®t Øf £övë disse...

Martha,
A morte é um verdadeiro salto no escuro para toda a humanidade.
Bjs.