sábado, 19 de fevereiro de 2011

E POR FALAR EM SAUDADE......

8 comentários:

Vozes de Minha Alma disse...

Martha,
Sempre que aqyu venho, gosto de apreciar as imagens e sempre deixar uma parte de mim...
Poemas que evocam uma certa beleza, mesmo que sejam lutuosos.
como este:

(Certa tarde, ao acompanhar meu filho no funeral de um senhor idoso)

Naquela tarde na necrópole
Sozinho, sem mais ninguém...
A procura das pessoas
Num desencontro total!

Perdi a solenidade e o cortejo
Perdi-me nas quadras e lápides
Somente o silêncio permeia
As flores e sepulcros também!

Caminho a esmo...
Perco-me, no trajeto.
Onde estavam todos?
Senti certo medo!

Bobagem eu sei!
Medo de quem já se foi?
Medo faz é dos viventes!
Senti um soturno silêncio...

Os espíritos que se foram,
Sei o que diz o Santo Livro!
Mas senti um calafrio,
Post Mortem talvez...

Voltei de onde parti
Gelado, tremulo tácito...
Recompus-me ao ver alguém
Voltei de novo em mim...

Algumas canções ouvira
Decerto melodias breves
Anos oitenta creio,
Tornando-se hinos celestes...

Abraços, bjs.

Jerri Dias disse...

Nossa, essa tumba é linda! Fiquei comovido com o amor deles...

Beijo.

Ravnos disse...

Realmente bonito!

Adauto Neves disse...

Martha, parabens pelo trabalho, chamou-me atenção pelo tema e pelas belas fotos e por recordar-me do local preferido para ler e estudar, um cemitério particular no Seminário que eu estudei.
Abraços.
Ps. Ah, compartilhei e divulguei seu trabalho no meu Facebook.

O Sibarita disse...

E por flar em saudade... kkkk Ai está retratado a paixão em todos os seus ângulos, o amor eterno!

Beleza!

O Sibarita

Pedrasnuas disse...

Este último Adeus é lindo e sensual!!! A foto ficou maravilhosa!!! Beijinho

Benno disse...

amor, eterno e sublime amor. o ápice transitório na carne, indelével na alma, perpetuado pelo cinzel do escultor.

Cris Michelini disse...

Adorei essa foto, essa escultura... aonde é ?? Descobri arte cemiterial atraves da fotografia, e gostei muito, sempre aprendendo mais!!... otimo blog parabens